Email: blogdaeliscontatos@hotmail.com
Twitter: @blog_elis

4 de ago de 2010

*..Quem dá dica, amiga é..*

Hábitos para riscar da sua cabeça

Você nem percebe, mas algumas manias que fazem parte da sua rotina de cuidados com os cabelos podem arruinar os fios. Não erre mais!


* Pressa na hora de secar
Fazer escova no cabelo excessivamente molhado faz com que os fios fiquem expostos mais tempo ao calor do secador e favorece a quebra.
Nova atitude: “Envolva todo o cabelo com a toalha e torça-o levemente, sem esfregar, para evitar o atrito”. Só depois de retirar o excesso de umidade, recorra ao secador.

*Misturar vários produtos para fazer hidratação
“Algumas mulheres apostam em um coquetel de tratamento, como ampola de vitamina C, de vitamina A, máscara... Ao adicionarem um produto mais oleoso a outro que tenha uma textura encorpada, o resultado é um mix pesado, capaz de provocar descamação, caspa e irritação no couro cabeludo”,
Nova atitude: “Use um único creme potente ou, então, uma ampola de cada vez. Coloque o produto só nos fios (mantendo três dedos de distância da raiz). Essa regra só não se aplica a cabelos coloridos com tons superclaros, do tipo loiro-platinado, que sofrem com o ressecamento próximo do couro”.

*Condicionador ou máscara nos fios encharcados
“Além de diminuir a eficácia do produto, faz com que ele migre para o couro cabeludo, provocando a oleosidade”.
Nova atitude: lave com xampu, enxágue muito bem e elimine o excesso de água com a toalha. Só depois aplique o condicionador ou a máscara capilar, mecha por mecha. “Espere alguns minutos e enxágue muito bem”. “Parece óbvio, mas muita gente ainda comete o mesmo erro. Produtos como condicionadores e máscaras não foram elaborados para permanecer no cabelo. Se a intenção for essa, o correto é optar por um leave-in”.

*Do chuveiro para a rua
Fios úmidos absorvem poeira e poluição. O couro cabeludo também fica saturado com a umidade e os resíduos de produtos capilares.
Nova atitude: seque totalmente os fios antes de sair de casa. “Se estiver com pressa, em vez de lavar, apele para xampus a seco, que absorvem o excesso de óleo. Ou faça um rabo de cavalo”.

*Chapinha mal utilizada
“Tirar o excesso de umidade com a toalha, deixar os cabelos secarem naturalmente e depois usar a chapinha pode fritar fios. Além disso, em cabelos crespos, exige várias passadas de prancha na mesma mecha, danificando a fibra capilar”.
Nova atitude: trabalhe com a escova e o secador e use a chapinha apenas para dar acabamento.

*Colorir todo o cabelo a cada retoque de raiz
“Até alguns profissionais têm o hábito de sempre levar a coloração até as pontas no início do processo. Isso causa o acúmulo de pigmentação, o que dificulta a realização de mechas, por exemplo”.
Nova atitude: peça ao profissional para retocar somente a raiz e, nos últimos cinco minutos finais do processo, “puxar” o produto para as pontas.

*Tentar clarear cabelos tingidos com outra tinta
“Muita gente ainda acha que isso pode ser feito, mas é impossível”. Outro erro comum é deixar a tintura mais tempo do que o indicado para tirar proveito dos ativos ou, então, por um período menor para não escurecer tanto os fios. “Prolongar a aplicação não intensifica o resultado. E não respeitar o tempo de ação pode deixar o cabelo com uma cor de casca de cebola”.
Nova atitude: procure um profissional para orientá-la no processo de mudança. “Para clarear cabelos tingidos com um tom escuro, é preciso fazer luzes ou passar por um processo de decapagem”.

*Tentar domar o volume e amansar os cachos com lavagens diárias
“Como os volumosos e cacheados geralmente não produzem oleosidade suficiente, o excesso de lavagem impede o óleo natural de chegar ao comprimento e às pontas”.
Nova atitude: evite lavar todo santo dia. Impossível? Então intercale o uso do xampu normal com outro hidratante. “Para dar um up nos fios, use um leave-in suave, indicado também para cabelos finos e ondulados”.


 
*Franja muito curta
Atenção para as proporções: se os fios estão bem compridos, evite deixar a franja curta demais. “Esse visual não favorece ninguém.
Nova atitude: “O ideal é mantê-la na altura das sobrancelhas quando o comprimento dos fios passa do nível do peito”.

*Não conversar com o cabeleireiro
“Além das fontes de informação disponíveis (jornais, revistas, internet, blogs), é cara a cara com o profissional que você resolve suas dúvidas. Ele pode explicar a melhor forma de usar no dia-a-dia o que foi feito no salão, indicar produtos e técnicas adequadas para obter diferentes looks”.
Nova atitude: não tenha medo de parecer desinformada. “Converse francamente com o cabeleireiro, peça dicas, conte suas experiências, relate suas dificuldades”, pois é como o ditado diz: " Quem não se comunica, se estrumbica''


bjkas......comenta....

2 comentários:

Nara disse...

Nossa, adoro suas dicas, vou me corrigir em algumas coisas...
beijo

http://rosinarab.blogspot.com

A MODA É PARA TODOS disse...

Vou precisar me corrigir também!!
conheça nosso blog tb!!
ameeeei o faça vc mesmo!
amodaeparatodos.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...