Email: blogdaeliscontatos@hotmail.com
Twitter: @blog_elis

20 de nov de 2010

Em busca do sapato perfeito?




No Blog da Elis, os sapatos mais confortáveis são também os mais bonitos, os que fazem melhor para a saúde dos nossos pés e, só para completar, são baratíssimos, pegam bem em qualquer ocasião e sempre têm todos os números disponíveis.
Já na dura e fria realidade, se calçar é um equilíbrio entre muitas prioridades, sobretudo entre o conforto e a beleza (ou a adequação, dependendo dos lugares que você frequenta).
Para começar, uma informação bombástica: nossos pés simplesmente não foram projetados para usar sapato. Segundo os ortopedistas, todo sapato (minha gente, eu disse todo!) machuca o seu pé em algum ponto. Por isso, o ideial é variar bastante de calçado para ir machucando pontos diferentes e deixando os mais cansados em paz por uns dias.
Não sei você, mas a gente adorou essa coisa de a ortopedia justificar nossa paixão por sapatos. Da próxima vez que perguntarem por que você precisa de outro par, já tem um argumento.
O sapato ideal
O sapato mais confortável do mundo tem o formato do seu pé, um saltinho entre dois e três centímetros e solado meio grossinho.
O ideal é que a gente experimente os pares de noite, quando os pés estão mais inchados, e que leve uma fita métrica para a loja. Com a fita, meça e palmilha do sapato e a largura do seu pé. Se a palmilha não for levemente maior que o seu pé, o sapato vai dar aquela deformada básica no pé, não tem jeito.


Montando um look com sapato ultraconfortável
Esses sapatos ultraconfortáveis costumam ter o bico arredondado e grande, o que pode não ficar muito harmônico em quem é mais mignonne. Nesse caso, a gente acha que a melhor solução é criar um look que também tenha essa mensagem de conforto, senão pode parecer que você se vestiu de tapete vermelho e errou o sapato.
Para também não ficar esportivo demais, dá para compensar a casualidade da roupa com materiais mais sofisticados. Pensa numa calça fluida de linho, em uma t-shirt de seda, em uma terceira peça de tricot fininho.
Salto é um vilão?
Agora, momento tenso, jornalismo denúncia: infelizmente, salto é um problema para a saúde. O abuso do salto pode causar uma série de transtornos, como encurtamento da batata da perna, lordose, cifose, hipertensão dos músculos do joelho, vasinhos aparentes, varizes, inflamações nas veias e até trombose.
Quando você está com um salto alto, 90% do peso do seu corpo fica no peito do pé e isso obviamente não é nada legal. Algumas meninas abusam tanto dos centímetros a mais que já se sentem desconfortáveis quando estão sem salto. Se isso estiver acontecendo com você é hora de procurar um ortopedista porque significa que a sua panturrilha já sofreu encurtamento.
Para os médicos, o ideal é que a gente use saltos com mais de três centímetros por apenas seis horas semanais.
Se você não quer abrir mão da altura, pode tentar uma redução de danos
Alongar a panturrilha de manhã e à noite ajuda bastante quem usou salto o dia todo.
Quanto mais fino o salto, mais prejudicial ele é. Tente procurar modelos com salto quadrado e grossinho. Isso também ajuda a afinar quem tem pernão.
Teoricamente, as plataformas são os sapatos de salto menos prejudiciais, mas elas aumentam muito as chances de queda.
Todo salto acima de três centímetros deforma o pé tanto quanto um saltão, então, se a ideia é manter a saúde, não vale revezar o salto quinze com um sete.
Pelo menos quando estiver em casa, incorpore o exú Mallu Magalhães e ande descalça.

Nem tanto ao céu, nem tanto ao chão
Se salto faz mal à saúde, não é seu extremo oposto que vai ser canonizado. Rasteirinhas e sapatilhas de solado fino demais também são desconfortáveis porque forçam a parte da frente da perna.
Para terminar dando uma luz para as amantes do salto, os centímetros a mais melhoram a circulação do sangue. Então, assim, quando você estiver altíssima e com a panturrilha mais curta que o dedinho do pé, lembre-se que a sua circulação está um luxo!
Para quem quiser ler mais sobre a relação entre sapatos e a saúde dos pés
Salto alto encolhe as fibras musculares da panturrilha
Pesquisa mostra que salto com mais de 3,5 cm pode causar varizes
Salto alto “derruba” corpo e prejudica mais as adolescentes
Luxo hoje é saber escolher e apreciar um sapato confortável de verdade
Salto alto e sapato apertado na juventude levam a dor na velhice, mostra estudo

Um comentário:

maurina disse...

Amei a dica,como o salto muito alto nos fazem mal não só as pernas, mas ao corpo inteiro,e eu não vivo sem um par de saltinhos ou saltões adoooooooooro!!beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...