Email: blogdaeliscontatos@hotmail.com
Twitter: @blog_elis

29 de nov de 2010

quadradinha com a cara da Vovó...

COMO USAR BOLSA QUADRADINHA?

Para quem gosta de marca, a bolsa da vez pode atender pelo nome de Céline Classic Box ou de Hermès Constance. Para nós – que gostamos de vida real e que suamos horrores para colocar alguma coisa dentro da bolsa – ela atende pelo conceito de bolsa quadradinha, durinha e com cara de tia.
Se você ainda não viu uma dessas por aí com certeza é só questão de tempo e de atenção. Antes que as bolsinhas quadradas invadam as nossas cidades, achei todo um guia ensinando como usar, onde encontrar e o que essa peça significa para cada um poder escolher se jogar ou não na tendência, vamos ver?

Como usar?
A bolsa quadradinha confere todo um ar retrô e arrumadinho, então, a pessoa pode tanto assumir esse ar de miss Harper’s Bazaar de 1953 e mantê-lo por todo o look quanto quebrar com peças bem atuais e “tô nem aí”. Pensa numa bolsa dessas, super sóbria, com um blazer de motelom!
Eu gosto muito mais da opção de quebrar a mensagem original da peça, sobretudo quando a peça em questão está sendo usada por muita gente da mesma forma. É sempre mais legal se apropriar de uma peça do que simplesmente usá-la. Muito mais legal pegar a mensagem daquela peça e inserir no seu estilo, no seu guarda-roupa do que simplesmente usar nos mesmos moldes que a it-girl da estação está usando.
Quebrando a peça
Se a mensagem original dessa bolsa é “Mundo, sou uma menina arrumadinha e retrô”, você pode quebrar essa mensagem compondo um look onde não se espera uma peça dessas. Pensa em uma calça com a barra dobrada, uma vibe mendiguismo, uma sandália rasteira, um vestidinho de fim de semana 0% retrô, uma mistura de tons fortes.
Jeito de usar
Só o jeito de usar já ajuda a quebrar a imagem: se você usa a bolsa transpassada em vez de usar a tiracolo já dá uma bela descontextualizada na peça.
Assumindo o vintage
Por outro lado, quem quer usar da forma original deve escolher outras peças clássicas e com ar vintage, como cardigã, vestidinho retrô, tons românticos e visual arrumadinho.
Cuidado com o volume!
Quem tem mais volume na parte de baixo do quadril precisa tomar cuidado com essas bolsas de alcinha longa usadas no ombro: elas sempre criam um voluminho adicional no quadril. Para evitar parecer mais cheinha, você pode usar uma parte de baixo bem sequinha e sem detalhes e chamar atenção para o rosto com um lenço, um brincão ou uma blusa bem detalhada.
Os modelos referência:
Céline Classic Box

A Céline é uma marca francesa bem antiga, começou em 1945. A gente não ouvia falar muito dela até o final de 2008, quando a inglesa Phoebe Philo – ex-diretora artística da Chlóe – chegou à Céline para substituir a estilista Ivana Omazic. Na mesma época, Marco Gobbetti deixou a presidência da Givenchy para assumir o mesmo posto na grife.
Desde então, a marca voltou a chamar atenção por seu estilo esportivo chic com referências dos anos 70. A Céline Classic Box é tipo o símbolo máximo dessa nova leva de sucesso da marca. Bem quadradinha, de tamanho médio e aparência sóbria, a Classic Box dá todo um ar de elegância vintage a quem carrega.
Hermès Constance

A Constance foi cridada em 1968 e é fina até no nome, já que foi batizada para homenagear a filha de uma princesa amiga do criador da marca. Ela era uma das bolsas favoritas de Jackie Kennedy.
Essa bolsa é bem retangular, rígida e simples, o único detalhe é o fecho super chamativo. A melhor parte é que ela é muito versátil e tem alça regulável, então, basta acertar o tamanho e você pode usá-la tanto nas mãos quanto no ombro.
Onde comprar?
As bolsas quadradinhas bombaram na semana de moda de Milão e estão bombando nos blogs, nas revistas e nas ruas. Claro que nada bomba desse jeito se estiver restrito à meia dúzia de sortudas que podem dar seis mil dólares em um bolsa e ainda terem o que vestir para compor o look.
Várias marcas já fizeram versões no mesmo conceito durinho-antiguinho-quadradinho que estamos falando. Entre elas, nos interessam mais as que vendem no Brasil, como a Arezzo, Dumond, Leeloo, Corello, Shoestock, 284, Zara, Lê Sacs e Cris Barros. Outra opção super válida são os brechós. Considerando que essas bolsas já foram sucesso entre as nossas mães, é bem provável que você encontre boas opções usadas.
entenderam?
bjas
comenta

3 comentários:

MUNDO FASHION DA TATI disse...

Adorei as dicas Elis!
Agora é só correr atrás de uma bolsa dessas, acho linda, bem vintageeee!
Beijos!

Bibelot 2010 disse...

Olá, adorei seu blog, PARABÉNS!
Já estou seguindo.

Beijinhos

ISA
=)
Fique a vontade para espiar o meu:
www.bibelot.blogspot.com

Hellem disse...

legal, mas eu não uso...por nada
não é meu estilo
bjs
Hellem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...